Técnicas de drenagem linfática na estetica II

Técnicas de drenagem linfática na estetica II
28 de janeiro de 2010 AlexKB

TÉCNICAS DE DRENAGEM LINFÁTICA NA ESTÉTICA – II

A Drenagem linfática
A função da drenagem, independentemente da técnica utilizada, é de eliminar o excesso da linfa que será transportada pelo sistema linfático, aumentando a velocidade da circulação linfática nos vasos e ductos linfáticos, facilitando a chegada da linfa até os gânglios linfáticos.

A ação de desobstruir os vasos, favorece a microcirculação sangüínea e a rápida renovação dos tecidos, evitando a estase e o acúmulo de lipídeos na região, e ainda facilitando a revitalização da pele. Em pós-operatórios também é utilizada para reduzir os edemas, acelerar a cicatrização dos tecidos e atenuar a formação de aderências.

Existem vários métodos para a drenagem, entre eles destacam-se os recursos eletroterápicos e as diversas técnicas de drenagem linfática manual.

Os efeitos obtidos com a drenagem são: · Estimulação da cicatrização · Estimulação e reeducação da microcirculação · Redução de edemas e celulite · Redução de perímetros corporais · Relaxamento e sensação de bem estar · Tonificação tecidual

Recursos eletroterápicos
Eletroforese de grande superfície
A eletroforese atua promovendo uma ativação da circulação veno-linfática atenuando os quadros de comprometimento vascular.
Eletroforese é o fenômeno no qual o organismo é submetido à ação dos pólos positivo e negativo da corrente Galvânica, provocando uma ativação do metabolismo da água e das gorduras que se encontram em estase nos quadros de celulite e gordura localizada.

A CK desenvolveu um aparelho que utiliza a corrente galvânica para realizar a eletroforese de grande superfície sem a utilização de cosméticos. Esse aparelho é o Cells-Trat, que é um gerador de corrente Galvânica ou Contínua, com freqüência e amperagem moduladas, adequados à condutividade do corpo humano.

A corrente elétrica do tipo Galvânica provoca modificações na polaridade das membranas celulares aumentando a sua permeabilidade e, como conseqüência, intensificando as trocas metabólicas. O aparelho é especialmente calculado para transpor o isolante natural do corpo, a queratina depositada na camada córnea, sem produzir sensações desagradáveis ao usuário. Superado este obstáculo formam-se os campos elétricos que produzem a migração de grandes moléculas protéicas alojadas em diferentes planos cutâneos.

Esta ativação do metabolismo resulta em ampla mobilização dos líquidos intersticiais trazendo como conseqüência aumento da diurese com eliminação das toxinas.

O aparelho possui um recurso de inversão da polaridade, o que proporciona às células maior consumo de energia , a qual é retirada das reservas energéticas, ocasionando a redução do tecido adiposo. No início é aplicado o pólo positivo no tronco e o pólo negativo nos membros inferiores, após ocorre essa inversão automaticamente, durante a metade do tempo da aplicação.

As transformações induzidas na intimidade dos tecidos, criam condições para que se estabeleçam os seguintes efeitos biológicos:
· Ativação do metabolismo tecidual · Aumento da diurese · Maior eliminação dos detritos orgânicos · Melhoria da circulação sangüínea · Regeneração dos tecidos · Regularização da circulação linfática

As transformações induzidas pela passagem da corrente Galvânica durante o processo de eletroforese determinam os seguintes efeitos sobre o organismo humano: · Atenuação da sensação de pernas cansadas · Atenuação de varículas · Desintoxicação orgânica · Redução dos perímetros do organismo · Redução do peso · Redução de linfoedemas e de edemas

O aparelho possui simples aplicação, utilizando-se bandagens de tecido, laváveis, e faixas elásticas. Sua aplicação está ilustrada na figura a seguir.

Drenagem linfática profunda
É uma forma de estimulação por corrente Farádica que tem por objetivo ativar a circulação veno-linfática, atuando como bomba muscular. A CK desenvolveu um aparelho chamado Sequencial, que realiza a drenagem localizada dos membros inferiores e região abdominal.
O Sequencial apresenta 5 canais, cada um contendo 4 placas, totalizando 20 placas que são distribuídas nos membros inferiores e na região abdominal, em pontos musculares pré-determinados, provocando contrações rítmicas na musculatura que comprime os vasos sangüíneos e linfáticos realizando desse modo uma drenagem linfática.

Os estímulos são efetuados de forma ascendente: desde a planta dos pés até a região abdominal, sendo estimulada uma região de cada vez, em seqüência. O próprio sistema do aparelho permite regular a velocidade da seqüência e modular a freqüência dos estímulos, a fim de alcançar o equilíbrio individual. A freqüência pode ser ajustada entre 5 e 50 Hz, recurso disponível no modelo III.
A intensidade pode ser variada em cada ponto e região, de acordo com a necessidade de cada pessoa, possibilitando um trabalho direcionado e personalizado para cada paciente. Possui temporizador digital com aviso sonoro ao término da aplicação.

A aplicação do aparelho é simples, porém as orientações devem ser seguidas com muita atenção, principalmente a ordem dos canais, pois o aparelho já é modulado para seguir a seqüência pré-determinada. A seguir, apresentamos uma ilustração da aplicação do aparelho.

O aparelho promove: · Ativação do metabolismo local · Drenagem linfática profunda · Renovação dos líquidos intersticiais

É indicado nos seguintes casos: · Edema e linfedema · Déficit circulatório · Insuficiência venosa · Lipodistrofia Gelóide (Celulite) · Lipodistrofia (gordura localizada) · Pré e pós-operatórios de cirurgias plásticas. · Síndromes prevaricosas dos membros inferiores

A técnica de drenagem linfática através do Sequencial, quando realizada de forma adequada pelo profissional proporciona ótimos resultados trazendo para o paciente uma agradável sensação de bem-estar.

Vacuoterapia
É uma técnica que realiza sucção sobre a pele através de ventosas que tem formas e diâmetros diferentes e que podem ser utilizadas em diversos tipos de tratamentos estéticos. A CK desenvolveu o vácuo que é um aparelho que realiza esse trabalho de sucção com a utilização de ventosas de vidro.

Esse aparelho é formado por uma bomba a vácuo que aspira o ar no tubo e na ventosa e graças a um potenciômetro sua capacidade de sucção pode ser regulada.

Quando a ventosa de vidro é colocada em contato com a pele, e o orifício do tubo de sucção é fechado, a aspiração, cria um vácuo provocando uma sucção na pele. O fato do vidro ser transparente facilita a visualização da reação da pele durante sua aplicação, evitando lesões.
A atuação mais intensa da sucção é do tipo mecânica porque observa-se mobilização do estrato cutâneo profundo com deslocamento do tecido de sulcos como rugas favorecendo a produção de colágeno.

Sua aplicação pode ser importante quando se pretende atingir os planos mais profundos da pele como nas cicatrizes, tecido fibroso, rugas e após intervenções cirúrgicas.

Sua aplicação corporal se dá nas regiões: abdominal, pernas e glúteo, podendo ser utilizada como drenagem linfática e como estímulo para abertura e fechamento dos gânglios, facilitando ainda mais o trabalho de drenagem. Provoca intensa hiperemia em pouco tempo, facilitando a circulação sangüínea e linfática.

A variação da intensidade da sucção, permite que se realize diferentes tipos de estímulos, por exemplo, com uma pressão máxima e durante 1 segundo, pode-se realizar a abertura e fechamento dos gânglios antes e depois, respectivamente, da drenagem. Já para a drenagem podemos utilizar uma pressão entre 30 e 50 mmHg, em velocidade lenta, facilitando o movimento da linfa pela sucção, na direção do gânglio mais próximo. Os valores das pressões são aproximados pois variam de acordo com a sensibilidade de cada paciente, podendo ser maior ou menor.

Sua utilização nos pré e pós-operatórios em plásticas corporais é muito ampla, tanto para prevenir como para tratar os edemas decorrentes das cirurgias. Sendo que no pré atuará mais no sentido de desobstrução e preparação dos vasos e no pós além de desobstruir, acelera a cicatrização por ativar a neoformação de vasos. Previne a formação de aderências e quelóides, ou atenua se já existem, por atuar nas fibras colágenas, desfibrosando-as e melhorando a oxigenação tecidual. É importante realizar esse tratamento após a aprovação médica, evitando complicações futuras. Abaixo estamos ilustrando um modelo de aplicação:

Os efeitos obtidos com sua aplicação são os seguintes: · Aumento do fluxo sangüíneo; complementa os efeitos das técnicas manuais. · Atenua os edemas e hematomas · Evita a formação de fibrose e aderências · Mobilização das Camadas profundas da pele · Modelação e drenagem linfática corporal · Tonifica os tecidos

É indicado nos seguintes casos:
· Edema · Lipodistrofia (gordura localizada) · Lipodistrofia Gelóide (Celulite) · Pré e pós-operatórios de cirurgias plásticas.

Como podemos ver, existem muitos métodos e aplicações para a realização de drenagem com o objetivo de eliminar edemas e descongestionar os tecidos, impedindo a formação da celulite, da gordura localizada e eliminação de líquidos em excesso. O método que deve ser aplicado dependerá da necessidade e das características de cada paciente, e da criatividade de cada profissional, para a obtenção de tratamentos cada vez mais efetivos.